Foram dias de folia e muita diversão. Agora, finalmente, o ano começou! Vamos limpar a purpurina e guardar a fantasia, pois Carnaval só ano que vem. Mas para quem acha que não haverá espaço pra diversão, enganou-se. Março, mês de aniversário do Rio, os cariocas e visitantes ganham presente: é possível conhecer a Cidade Maravilhosa pagando pouco – ou nada – e ainda curtir alguns pontos turísticos.

O bondinho do Pão de Açúcar oferece 50% de desconto no ingresso para nascidos ou moradores do Rio e Grande Rio, a partir desta segunda-feira (6/03). Com o desconto, o ingresso adulto custará R$ 38 e o de crianças de 6 a 12 anos, R$ 19. Para participar da promoção, é preciso apresentar o RG original com foto e comprovante de residência impresso nominal (água, gás, luz ou telefone). No caso das crianças, é necessária a apresentação de certidão de nascimento. O desconto, entretanto, será válido somente para o passeio completo (Praia Vermelha – Pão de Açúcar), adquiridos nas bilheterias da Praia Vermelha, na Urca, das 8h às 19h50, de segunda a domingo.

bon pao de acucar
Pão de Açúcar: uma das mais belas vistas do Rio

Quem optar por curtir atividades ao ar livre e em conta no Rio de Janeiro, também não vai ficar na mão. Que tal fazer uma viagem no tempo em pleno século XXI? O bondinho de Santa Teresa vai te proporcionar conhecer um pouco do Rio antigo em plena metrópole carioca. Criada em 1896, a linha liga o Centro ao bairro bucólico mais charmoso da cidade. Além de servir como meio de transporte real para moradores do bairro, o bondinho é um cartão-postal da cidade. As saídas ocorrem de segunda à sexta, das 6h30 às 16h15; sábados, das 10h às 18h. O custo do passeio é de R$20, ida e volta. A estação dos bondes fica na Rua Lélio Gama, 2, Centro, próximo ao Largo da Carioca.

bondinho
O charme dos bondinhos de Santa Teresa

Para quem quer continuar a viajar no tempo, que tal um passeio na Ilha Fiscal? Construído no século XIX, o palacete serviu de gabinete de governo do imperador Dom Pedro II. Também foi palco do Baile da Ilha Fiscal, em 9 de novembro de 1889, última grande festa da monarquia antes da Proclamação da República.
Transferida para a Marinha pelo Ministério da Fazenda, em 1913, a Ilha é hoje parte do Complexo Cultural do Serviço de Documentação da Marinha.

O castelinho, como é chamado por muitos, é atualmente uma das principais atrações turísticas do Rio de Janeiro. Para visitar a Ilha Fiscal, o visitante deve se dirigir ao Espaço Cultural da Marinha (ECM), localizado no Boulevard Olímpico, próximo à Pira Olímpica, local de venda dos ingressos e do embarque. A visitação na Ilha Fiscal é realizada de quinta a domingo, às 12h30, 14h e 15h30. A visitação, com duração de 1h20, aproximadamente, já incluíndo o deslocamento.  Os ingressos são vendidos no período das 11h às 15h10 e custam R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia).

forte copa
No Forte de Copacabana, a vista é de tirar o fôlego

Se você gosta de cultura, história e um belíssimo visual, não perca tempo e vá conhecer o Forte de Copacabana. Localizado entre Copacabana e Arpoador, foi uma importante fortaleza militar, construída no início do século XX, mas que hoje está desativada. Inaugurado como a mais poderosa fortificação do continente, o Forte de Copacabana tem uma ativa participação na história do Brasil: em 1922, foi palco de episódio conhecido como Levante dos 18 do Forte, serviu de prisão para o presidente Washington Luís, deposto na Revolução de 1930, e em 1964 recebeu reuniões que culminaram com o golpe militar.

Hoje, o Forte abriga um museu e alguns cafés, todos com vista para a orla de Copacabana, com destaque para a tradicional Confeitaria Colombo. O passeio é uma delícia! Onde? Praça Coronel Eugênio Franco nº 1, Posto 6, Copacabana. Qual horário? Das 10h às 18h. Quanto? R$ 6 (adultos), R$ 3 (idosos e estudantes), militares das Forças Armadas e dependentes, maiores de 80 anos e menores de 10 anos são isentos de pagamento.

pq lage
Casarão do Parque Lage é patrimônio histórico

Localizado no Jardim Botânico, o Parque Lage faz parte da memória histórica da Cidade Maravilhosa. Tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) como patrimônio histórico e cultural da cidade do Rio de Janeiro, o parque é rico em história e beleza natural. Dentre seus atrativos encontramos um belíssimo casarão do século XIX, onde funciona a Escola de Artes Visuais do Parque Lage (EAV) – que oferece cursos de capacitação em arte para jovens, além de uma intensa programação de exposições, seminários e palestras – trilhas, parques infantis, áreas para piquenique e cavernas artificiais. O parque funciona diariamente, das 8h às 17h, e a entrada é gratuita. Já o bistrô no casarão abre de segunda à sexta-feira, de 9h às 23h. Sábado, de 13h às 23h; domingo de 9h às 23 – e é uma boa pedida para o café da manhã.

Com todas essas dicas, impossível não curtir a Cidade Maravilhosa!