PARA EXERCITAR A FÉ
O Centro da cidade tem inúmeras opções de cultura e gastronomia e, no final de semana, é dica certa para um passeio tranquilo e divertido. Aprecie a arquitetura das construções e a beleza das ruas que transbordam história. Experimente sabores, arte e música. Aproveite!
MOSTEIRO DE SÃO BENTOmosteiro10

O lugar é sagrado e exige vestimenta adequada. Mas vale muito a pena. Fundada em 1590, a igreja do histórico Mosteiro de São Bento é aberta ao público diariamente. O que mais atrai os visitantes – além do silêncio, das orações e da espetacular arquitetura barroca de seu interior, toda em madeira folheada a ouro – são as missas embaladas pelo coro dos monges beneditinos, grandes próceres do secular canto gregoriano. Para ouvir peças como a “Sonata apassionata”, de Bethoveen, é preciso antecipar a chegada. As missas de domingo, às dez horas da manhã, são disputadíssimas.
Rua Dom Gerardo, 40
Tel.: 55 21 2206-8100

CANDELÁRIA

Candelaria_MarcoTerranova0MT_8257

A expressão “obra de igreja” se aplica perfeitamente à mais imponente delas no Rio. A antiga catedral levou mais de cem anos para ficar inteiramente pronta. Mas o trabalho compensou. Belíssima, suntuosa, a igreja é um dos símbolos do Centro, e seu entorno é referência para manifestações políticas.
Praça Pio X
Tel.: 55 21 2233-2324

PARA APRECIAR BELEZAS ARQUITETÔNICAS E CULTURAIS

ILHA FISCAL

IlhaFiscalQA4N5260

A distância é curta e a viagem dura apenas 15 minutos. A pouco mais de um quilômetro do continente, a Ilha Fiscal, badalada como sede do último baile do império, ocupa uma área de sete mil metros quadrados na parte mais nobre da Baía de Guanabara. O pequeno castelo em estilo neogótico foi esculpido por escravos em pedra gnaisse. A obra, que levou sete anos, foi inaugurada por Dom Pedro II em 1889. Aberta à visitação, a ilha faz parte do Espaço Cultural da Marinha.
Rua Dom Manuel, 15 – Praça XV
Tel.: 55 21 2104-5506

RUA DO LAVRADIO

lavradio

A rua do Lavradio carrega parte expressiva da história do Rio. Considerada a primeira rua residencial da cidade, ao longo do século XX mudou de ares e o perfil de seus frequentadores. Mas sem perder o charme. Hoje, serve tanto a passeios diurnos, pelo belo e resistente casario, quanto à fervilhante noite da Lapa. Todo 1º sábado do mês, abriga uma concorrida feira de antiguidades que tem também artesanato,  gastronomia e apresentações de samba e chorinho.

CENTRO CULTURAL BANCO DO BRASIL (CCBB)

ccbb-foto

O maior polo de artes do Rio tem endereço certo desde 1989. Em estilo neoclássico, o prédio que abriga o Centro Cultural Banco do Brasil tem 17 mil metros quadrados onde funcionam quatro salas de exposições, dois teatros, uma biblioteca, um auditório e salas de vídeo e cinema de diversos tamanhos, além de café e livraria. Abrigo para as principais exposições estrangeiras que aportam no Rio de Janeiro, o CCBB também oferece uma programação intensa de espetáculos, mostras de filmes, debates, oficinas e ciclos de conferências. Tudo sempre de graça.
Rua Primeiro de Março, 66
Tel.: 55 21 3808-2020

MUSEU DE ARTE DO RIO (MAR)

MAR IMG_4542_alta

O mais novo marco cultural e arquitetônico da cidade, projetado por Bernardes e Jacobsen, foi também o primeiro cartão-postal da revitalização da Zona Portuária. Inaugurado em 2013, o Museu de Arte do Rio é inovador na essência e na aparência. Formado por dois edifícios ligados por uma passarela, abriga oito salas de exposições, auditório, biblioteca, escola, restaurante, mirante e uma praça suspensa, instalada na cobertura. O acervo reúne pinturas, desenhos, mapas, fotografias e cartazes inspirados no Rio de Janeiro, feitos por artistas do porte de Lygia Clark, Lygia Pape e Hélio Oiticica.
Praça Mauá, 5
Tel.: 55 21 3031-2741

PARA EXPERIMENTAR SABORES

CONFEITARIA COLOMBO

colombo20

Mais de 100 anos de vida! Lanchinhos à moda antiga e cozinha idem. O ambiente art nouveau, os vitrais, as claraboias, os espelhos belgas. Elementos de uma viagem à Belle Époque que fazem da Confeitaria Colombo um dos mais belos cafés do mundo. Enquanto admira o esplendor do lugar, atraque-se à clássica cozinha de creme de galinha, aos sanduichinhos de pão de miga ou ao camarão empanado, que já inspiraram de Olavo Bilac a Villa-Lobos. Para finalizar, o quindim de camisola.
Rua Gonçalves Dias, 32
Tel.: 55 21 2505-1500
Fechado aos domingos.

ALBAMAR

albamar_1531

O salão desse restaurante parece ter parado no tempo, mesmo após a reforma. Entende-se foi testemunha ocular dos apetites da Velha e da Nova República e do atendimento que exigiam ministros e diplomatas na época em que éramos a capital. Ficou a vista para a baía de Guanabara, a arquitetura lembrando um pagode português e o ambiente, que nos remete às origens da casa há mais de oitenta anos. Por tudo isso, peça uma mesa junto às janelas e se delicie com o cenário temperado por peixes e frutos do mar, a especialidade tradicional.
Praça Marechal Âncora, 184
Tel.: 55 21 2240-8428

NOVA CAPELA

Nova Capela_1723

É daqueles restaurantes que guardam tesouros saudosistas da cozinha carioca tradicional. O cabrito com batatas e arroz de brócolis é só o melhor e mais famoso item do extenso cardápio de delícias boêmias do Capela. Fora este e outros ícones, como a rabada com agrião e o filé à milanesa servido à francesa, o restaurante mais conhecido da Lapa também guarda segredos como a língua com purê e a porção de gorgonzola com azeite. A cozinha ferve dia e noite, até quatro horas da manhã.
Avenida Mem de Sá, 96
Tel.: 55 21 2252-6228