Por Laura Souza

A exposição idealizada por Margo Margot e com curadoria de Claudio Partes fica no Centro Cultural Justiça Federal até o dia 5 de novembro. De terça a domingo é possível ver nas galerias do segundo andar as fotografias de Daryan Dornelles e Stefano Martini, representando os principais deuses da mitologia yorubá.

Com entrada gratuita, a mostra representa os deuses africanos de forma poética. As fotos foram feitas usando pedras, areia, barro, folhas e até mesmo partes de árvores para recriar elementos da natureza. Além dos voluntários fotografados, Gilberto Gil, Zezé Motta, Vidal Assis e João Donato também participaram. Gil aparece em uma foto icônica como Oxalá e Zezé, como Oxum.

O objetivo da mostra, finalista da Incubadora Cultural da Petrobras, é provocar uma reflexão através da abordagem poética e inédita da cultura afro-brasileira e do universo mítico dos deuses africanos (difundidos no Brasil por meio de terreiros e casas de santo) e apresentar valores ligados à tradição, investigando o modo como a afrobrasilidade se manifesta na arte e na religião.

Classificação 14 anos

Fotos: Divulgação

Informações do Local:

Centro Cultural Justiça Federal: Avenida Rio Branco, 241 – Centro

3261-2550


Terça a domingo, das 12h às 19h