Se Minha vida em Marte, que aportou esse mês no Teatro dos Quatro, na Gávea, fizer o mesmo sucesso que Os homens são de Marte… É e pra lá que eu vou! – que ficou 12 anos em cartaz e teve um público de 2,5 milhões de pessoas – haverá chances de sobra de ver Mônica Martelli no palco. Mas, quem conheceu (e riu muito com) a história de Fernanda, uma jornalista de 39 anos, solteira e à procura do seu grande amor, não vai esperar para reencontrar a personagem, agora com 45 anos, casada há oito e mãe de uma criança de cinco anos, vivendo todas as tentativas de ser feliz no casamento.

O monólogo de Mônica Martelli está em cartaz no Teatro dos Quatro, na Gávea
O monólogo de Mônica Martelli está em cartaz no Teatro dos Quatro, na Gávea

Fernanda será capaz de superar a crise ou será preciso se separar? Vale a pena enfrentar a solidão? São questões que sob a ótica de uma mulher bem-sucedida vão permear esse monólogo que toca ainda em temas como traição, machismo, trabalho duplo da mulher e educação dos filhos.

A atriz em cena, na pela de Fernanda: uma mulher que continua acreditando no amor (foto:Divulgação)
A atriz em cena, na pela de Fernanda:
uma mulher que continua acreditando no amor (foto:Divulgação)

A montagem, escrita por Mônica e dirigida por sua irmã, Susana Garcia, tem como base as próprias experiências da protagonista que, através de um texto bem humorado, aproxima e leva homens e mulheres à reflexão. Segundo a atriz, Minha Vida em Marte é um texto libertador que foi escrito sob a premissa de que ser feliz é fundamental: “A Fernanda mudou com o tempo, claro, seus desejos e sonhos são outros, mas ela é uma mulher que continua otimista, acreditando no amor, querendo amar e ser amada”.

SERVIÇO

Minha vida em Marte
Dia/hora: sextas e sábados, às 21h; domingo, às 20h
Local: Teatro dos Quatro – Shopping da Gávea – Rua Marquês de São Vicente, 52 – Gávea. Tel.: (21) 2239-1095
Ingressos: R$ 70 (sexta); R$ 80 (sábado e domingo)
Temporada: de 19/5 a 30/7

FICHA TÉCNICA
Texto e interpretação: Mônica Martelli
Direção: Suzana Garcia
Cenografia e figurino: Flávio Graff
Iluminação: Maneco Quinderé
Direção de produção: Herson Capri
Realização: Capri Produções
Duração: 70 minutos
Classificação: 14 anos