O Ministro da Cultura, Sérgio Sá Leitão, e o Prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, lançaram hoje o projeto Niterói: Cidade do Audiovisual.

WhatsApp Image 2017-09-26 at 12.18.51

A cidade de Niterói vem se destacando pelo bom crescimento econômico no atual cenário do estado, em uma gestão reconhecidamente eficiente. Sérgio Sá Leitão, atento aos potentes movimentos culturais, viabilizou uma parceria para colocar a cidade na vanguarda do audiovisual nacional, incentivando produção, distribuição e acesso a conteúdos.

O esforço em conjunto do MinC, através da Ancine, com a Prefeitura de Niterói vai gerar emprego, renda e visibilidade. Entre as ações previstas estão a redução da alíquota do Imposto sobre Serviços (ISS) para o setor (de 5% para 2%), a conclusão das obras para pleno funcionamento do Centro Petrobras de Cinema, o incentivo para que a cidade seja usada como locação para produções nacionais e internacionais e ainda a promoção de um festival internacional de audiovisual em 2018.

Saleitao e Rodrigoneves
O Ministro da Cultura e o Prefeito de Niterói em reunião de planejamento do “Niterói: Cidade do Audiovisual”

Rodrigo Neves ressalta o papel da cultura na sua gestão: “Niterói tem patrimônios históricos, belezas naturais e grande vocação para o setor cultural e audiovisual. Assim, vamos alinhar um programa ambicioso, porém viável, aproveitando todo esse potencial da cidade.”

Já o Ministro da Cultura ressalta que busca por possíveis parceiros em todo o Brasil e “Niterói já tem uma vocação natural para o audiovisual, inclusive com a faculdade de cinema da Universidade Federal Fluminense, que é uma referência”. E complementa: “Isso certamente terá um reflexo grande para o desenvolvimento não só do setor audiovisual brasileiro, mas, sobretudo, da cidade, porque as atividades que compõem o campo da economia criativa, e o audiovisual é uma delas, têm um alto impacto sobre a geração de emprego e renda.”

Fotos: MinC e Prefeitura de Niterói