Quando se fala de clarineta, no Brasil, o primeiro nome que aflora à memória de fãs do nosso chorinho costuma ser o de Abel Ferreira (1915-1980), clarinetista mineiro cujo repertório ganha o palco do Espaço Cultural BNDES hoje, 12 de julho, às 19h. O show “Uma homenagem ao choro de Abel” faz parte da série “Quartas instrumentais” do BNDES e será apresentado pelos feras Joel Nascimento, Paulo Sérgio Santos e grupo. A entrada é franca.

Joel Nascimento (bandolim) e Paulo Sérgio Santos (clarineta) comandam grupo de instrumentistas daqui a pouco, no Espaço Cultural BNDES
Joel Nascimento (bandolim) e Paulo Sérgio Santos (clarineta) comandam grupo de instrumentistas daqui a pouco, no Espaço Cultural BNDES

Abel teve papel fundamental na construção de um repertório brasileiro baseado no choro e na seresta, e deixou como herança um modo de tocar profundo e envolvente. Sua relação com o Rio de Janeiro começou em 1943, aos 28 anos, quando chegou à então capital do país para tocar no Cassino da Urca e nas rádios cariocas.

Acompanhou vários cantores importantes da época, entre eles Sílvio Caldas e Emilinha Borba, fez duetos memoráveis com Pixinguinha e, na década de 1970, tornou-se um dos músicos mais requisitados em gravações e shows (principalmente a partir do LP “Pra seu governo”, de Beth Carvalho). Nas contas do próprio Abel, compôs mais de 50 músicas, entre elas Acariciando, Luar de Coromandel e Chorinho do Suvaco de Cobra. Viajou o mundo todo até seus últimos anos de vida, divulgando a música brasileira com seu instrumento em shows com Copinha e Raul de Barros.

SERVIÇO
Show “Uma homenagem ao choro de Abel” – Quartas instrumentais BNDES
LOCAL: Espaço Cultural BNDES – Av. Chile, 100 – Centro
DATA: 12 de julho de 2017
HORÁRIO: 19h
Entrada franca, com retirada de ingressos na recepção do Espaço Cultural BNDES, no dia do espetáculo, a partir das 18h. Cada pessoa recebe apenas um ingresso com lugar marcado, e o número de ingressos disponíveis fica sujeito à lotação máxima do auditório.
Classificação: LIVRE

FICHA TÉCNICA
Paulo Sérgio Santos – clarineta
Joel Nascimento – bandolim
Caio Márcio – violão de seis cordas
Bernardo Diniz – cavaquinho
Magno Júlio – pandeiro
João Camareiro – violão de sete cordas

REPERTÓRIO
1. Sonoroso – K-Ximbinho
2. Homenagem à Velha Guarda – Sivuca e Paulo César Pinheiro
3. Bonfiglio à casa retorna – Bonfiglio de Oliveira
4. Cheguei – Pixinguinha e Benedito Lacerda
5. Ingênuo – Pixinguinha, Benedito Lacerda e Paulo César Pinheiro
6. Chorinho pra você – Severino Araújo
7. Chorando baixinho – Abel Ferreira
8. Doce melodia – Abel Ferreira
9. Acariciando – Abel Ferreira
10. Choro do Sovaco de Cobra – Abel Ferreira
11. Vibrações – Jacob do Bandolim
12. Na Glória – Raul de Barros, Ary Santos e Guego Favetti
13. André de sapato novo – André Correa
14. Um a zero – Pixinguinha e Benedito Lacerda
15. Ainda me recordo – Pixinguinha e Benedito Lacerda
16. Cochichando – Pixinguinha e Benedito Lacerda