Por Laura Souza

Quem acha que o Réveillon acabou com a festa do dia 31 de dezembro está muito enganado. A praia de Copacabana será palco para mais um encontro histórico, gratuito e que marca o encerramento da programação do Ano Novo e abre (com muito estilo!) o Carnaval 2018.

O encontro inédito promovido pela Prefeitura do Rio no primeiro sábado do ano (dia 6 de janeiro de 2018, a partir das 19h) ganhou o nome de “Encontro do Samba” – e não foi à toa! O grande festejo contará com a maior bateria já vista no mundo, com mais de 1.000 ritmistas das 13 escolas de samba do Grupo Especial. A Avenida Atlântica, do Leme ao Posto 6, será tomada pelo ritmo quando seis das escolas de samba virão, com os seus ritmistas, de um lado da mais famosa avenida carioca e outras sete virão do outro lado.

encontro do samba 3

Ao final do desfile os sambistas se juntarão à Orquestra Petrobras Sinfônica para um show no palco montado em frente ao Copacabana Palace – o mesmo que recebeu as badaladas apresentações do Réveillon, com algumas adequações e com uma base que reproduz um pandeiro com 20 metros de diâmetro. Clássicos da MPB como “Aquarela Brasileira”, “Não Deixe o Samba Morrer” e sambas enredo históricos estão incluídos no repertório cuidadosamente selecionado por Guto Graça Mello, responsável pela curadoria musical. O evento terá, ainda, as participações especiais de Martinho da Vila (foto), Alcione, Diogo Nogueira e o novo fenômeno da música pop, a cantora Iza.

Martinho da Vila (Divulgação)

O prefeito Marcelo Crivella e Abel Gomes, sócio da SRCOM e idealizador do evento, estão otimistas com a recepção do público. O “Encontro do Samba” é uma extensão do Réveillon e faz parte do calendário “Rio de Janeiro a Janeiro”, que está sendo implementado em parceria pelos empresários Ricardo Amaral e Roberto Medina, Ministério da Cultura e Prefeitura.

“Tenho certeza que esse evento vai surpreender a todos os cariocas e turistas que vão ficar na cidade após o Réveillon. É um encontro inédito do samba com uma orquestra sinfônica. Nesse cartão-postal que é a Praia de Copacabana” – prefeito Marcelo Crivella.

O Rio Book adianta logo que o final será um momento que promete ficar na memória: a Orquestra Petrobras Sinfônica, com 59 músicos, sob a regência do maestro Isaac Karabtchevsky, vai se juntar aos ritmistas mostrando o poder que a música tem de agregar.

“O ‘Encontro do Samba’ será, com certeza, um festival de sons e cores, tendo a Praia de Copacabana como testemunha, além do componente principal: o público, sempre ardoroso, companheiro de tantos outros eventos” – maestro Isaac Karabtchevsky.

Músicos, ritmistas, cantores, intérpretes, mestres-sala e porta-bandeiras juntos para celebrar com os espectadores esse grande encontro na orla da Princesinha do Mar. Simplesmente imperdível!

Crédito das imagens: Abertura – Alexandre Stehling (Qu4rto Studio) / Martinho da Vila – Divulgação

Informações do Local:

Avenida Atlântica, na altura do número 1702 (Copacabana Palace)

Sábado (6/01), a partir das 19h