“Rio de Janeiro a Janeiro” está oficialmente lançado! Em coletiva hoje, na Game Arena, no Rock in Rio, o Governo Federal apresentou, em parceria com o Governo do Estado e a Prefeitura do Rio de Janeiro, o Calendário anual que vai driblar a crise da cidade com cultura, esporte, turismo e negócios.

Ministro Chefe da Secretaria-Geral da Presidência: Moreira Franco
Ministro Chefe da Secretaria-Geral da Presidência: Moreira Franco

Os ministros Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência), Sérgio Sá Leitão (Cultura), Osmar Terra (Desenvolvimento Social), Marx Beltrão (Turismo) e Fernando Avelino (Ministro Interino de Esportes), junto com Roberto Medina e Ricardo Amaral, lançaram a ação coletiva que pretende aumentar em 20% o fluxo de turistas, gerando 170 mil empregos. Participaram também, entre outras autoridades, o governador Luiz Fernando Pezão e o prefeito Marcelo Crivella.

Ministro da Cultura: Sérgio Sá Leitão
Ministro da Cultura: Sérgio Sá Leitão

Se o Rio de Janeiro, o maior cartão-postal do Brasil, passa por crise econômica e fiscal, todo o país é afetado. Para reverter a situação atual, o Governo Federal lança o “Programa de apoio à recuperação do Rio de Janeiro” com três frentes fundamentais: segurança pública, recuperação fiscal e desenvolvimento (focado em geração de emprego e renda e política social).

A principal vertente deste programa é o calendário “Rio de Janeiro a Janeiro”, um esforço conjunto entre governo e empresários que atuam com entretenimento. A Fundação Getúlio Vargas (FGV) foi chamada para verificar a viabilidade do projeto e analisou tudo baseada em cinco critérios: atração de turistas, atração de investimentos e geração de negócios, geração de emprego e renda, inclusão social e potencial de continuidade e expansão. Assim foram selecionados os cerca de 100 eventos iniciais do Calendário. E muitos outros vão chegar!

Prefeito Marcelo Crivella
Prefeito Marcelo Crivella

Entre 16 de novembro e 15 de dezembro o Ministério da Cultura receberá inscrições em seu site. O resultado será divulgado em janeiro e os eventos selecionados serão patrocinados por empresas estatais e pelas leis de incentivo à cultura e ao esporte. Ainda esse ano workshops e um roadshow de captação de recursos serão realizados para organizadores de eventos, patrocinadores e o setor de turismo. Assim, a expansão de eventos que já acontecem e a viabilização de novos serão a chave para atrair turistas e investimentos.

Roberto Medina e Ricardo Amaral
Roberto Medina e Ricardo Amaral

O Rio, mais do que nunca, vai ser uma festa! Festa com gostinho especial de superação.