Para os mexicanos o esquecimento é a verdadeira morte. Por isso, o Dia dos Mortos é uma grande celebração por lá. São três dias (de 31 de outubro a 2 de novembro) de festa, alegria e cor. Eles acreditam que uma vez por ano os mortos ganham uma espécie de “alvará celestial” para visitar a família e os amigos e devem ser recebidos com tudo que mais gostavam!

As famílias preparam altares para seus antepassados. Vale tudo para agradar sua alma: comidas e bebidas favoritas, cigarros, brinquedos. Flores coloridas decoram e alegram o ambiente, e não pode faltar a cempasúchitl (conhecida no Brasil como crisântemo), uma flor alaranjada clássica para a ocasião. Velas e incensos a postos, na noite de 31 de outubro as famílias fazem suas orações e convidam os mortos a juntar-se a elas.

dias dos mortos consulado
Altar montado no Consulado do México (divulgação)

Por todo o país há nas ruas música, desfiles de fantasias, enfeites coloridos e doces confeitados em formato de crânios. No Cemitério San José, na Cidade do México, os mariachis prestam homenagens aos antepassados o dia todo. O clima é de respeito, devoção e alegria.

Essa tradição faz parte do sincretismo religioso que caracteriza o povo mexicano. As manifestações populares misturam elementos católicos a rituais ancestrais de culturas pré-colombianas, como a teotihuacana, a maia, a olmeca, a zapoteca, a tolteca, mixteca e a mexica (ou asteca). Para eles faz parte do ciclo natural: viver, morrer, renascer. E, já que é assim, ficam à vontade para brincar com a morte.

dia dos mortos 2017 Visit Mexico2
Preparação para o desfile deste ano no México (Divulgação – VisitMéxico.com)

Um ditado popular ensina: “La muerte está tan segura de alcanzarte, que te da toda una vida de ventaja” (a morte tem tanta certeza de que vai te pegar, que te dá uma vida inteira de vantagem). O evento é tão importante que, em 2003, foi reconhecido pela Unesco como Patrimônio Oral e Imaterial da Humanidade. E os cariocas vão experimentar um pouco dessa festa no Dia dos Finados, em uma feira organizada pelo Consulado do México no Rio com o Parque das Ruínas.

Fantasia clássica de Catrina
Fantasia clássica de Catrina

Dança, música, gastronomia, decoração, teatro, fotografia, literatura, desenho animado e moda sobem as ladeiras de Santa Teresa em um evento gratuito de 10h às 18h. Veja abaixo as principais atrações. A programação completa você encontra aqui.

10h – 18h: Exposição Fotográfica “Dia de Muertos en México” (Dia dos Mortos no México)
11h: Exibição da animação infantil “Festa no Céu”, de Jorge R. Gutierrez
12h45: Oficina de criação de “Calaveritas”
13h30: Leitura do conto Diles que no me Mates do escritor mexicano Juan Rulfo pelo poeta e escritor Héctor Escobar.
17h: Show com o Grupo Mango Mambo

Para entrar no clima, pegue uma tequila e escute a playlist que a VisitMexico.com montou.

Classificação: Livre

Entrada gratuita

Informações do Local:

Parque das Ruínas: Rua Murtinho Nobre, 169 – Santa Teresa

2215-0621


2 de novembro, das 10h às 18h.